Loja virtual de games
Loja virtual de games

Como abrir uma loja de games virtual? Veja nossas dicas!

Se você chegou até aqui, é porque se interessa em abrir uma loja de games virtual, certo? O mercado tem as suas singularidades, assim como qualquer outro e isso é indicativo que você precisa conhecer o terreno onde pisa.

Por outro lado, trabalhar com jogos e produtos dessa área é uma oportunidade e tanto. Os números de receita, público e as projeções para o futuro são promissoras.

Por isso, se você pretende abrir um negócio online com foco nos gamers, fique por aqui. Neste conteúdo você vai conferir algumas dicas para ter uma loja de sucesso.

Como é o mercado de games no Brasil?

Assim como no resto do mundo, o mercado de games no Brasil tem mostrado números muito interessantes. Entre eles, há informações muito importantes sobre o perfil de público, crescimento do mercado e faturamento.

Nos últimos anos, houve uma grande diversificação nas características do gamer. Para se ter uma ideia, de acordo com a Pesquisa Game Brasil 2020, a faixa etária de 16 a 24 anos é responsável pela maior parte da fatia do consumo (43,2%), seguida de perto por de 25 a 34 anos (26,5%).

Uma curiosidade é que a projeção de crescimento da participação de pessoas da faixa etária entre 55 e 65 anos. Segundo a ING Brasil, a porcentagem de gamers com essa faixa de idade é de 32%. Isso se traduz em maiores oportunidades para os empresários do setor, e uma possibilidade cada vez mais acentuada de trabalhar com públicos e produtos nichados.

Em se tratando do fator receita, a Consultoria Newzzo aponta que em 2021 a arrecadação bateu a casa de US$ 2,3 bilhões. Em 2020, as startups de games brasileiros receberam um aporte de US$ 1,3 bilhões em investimento, acompanhando uma tendência mundial de crescimento.

Vale a pena abrir um loja virtuais de games?

Olhando os números acima, o cenário é muito motivador. A chegada da pandemia ajudou a acelerar um crescimento que já vinha a passos largos. Ou seja, quem já estava no mercado teve (e ainda tem) muito o que comemorar.

Por outro lado, empreender nessa área apresenta os mesmos desafios encontrados em outras. Claro, tirando de vista as características exclusivas de cada setor.

Uma coisa é fato: se você conhece e tem habilidade para entender o público consumidor, se sabe vender e tem bons conhecimentos sobre o universo gamer, deveria começar a colocar a seu plano em ação agora mesmo.

O que fazer para abrir uma loja de games virtual?

Para abrir uma loja virtual com produtos gamers, é preciso passar e vencer algumas fases no universo empresarial. Para ter sucesso na empreitada, siga os seguintes passos:

1 – Informe-se sobre as novas tecnologias dos jogos

Para empreende nesse ramo, o empresário precisa acompanhar de perto não só as informações sobre os jogos, mas também sobre as respectivas plataformas ou consoles. Por isso, esteja atento às características de cada uma delas. Com isso, você vai poder auxiliar o cliente com informações de valor, passando credibilidade e autoridade.

2. Defina e conheça o público alvo da loja de games virtual

O publico gamer se diferenciou muito. Ou seja, aquela cena de ver somente crianças e adolescentes passando horas tentando passar uma fase já não existe mais. Hoje em dia, toda a família joga, tanto os homens quanto as mulheres.

Leia mais em: Mulheres de sucesso nos games cativam pelo carisma e talento

Assim, é preciso ter um norte, ou seja, um jogador experiente requer um cuidado diferente daquele dado ao iniciante. Há aqueles que têm preferência por uma plataforma ou por uma categoria específica. Você vai atender gamers que preferem se divertir no computador ou no console.

As informações sobre o público alvo vão definir quais produtos ter no estoque, em quais canais fazer anúncios, mas também qual será o tom e abordagem da forma de fazer publicidade entre outras ações. Ainda que a família inteira jogue, cada um pode ter seu jogo preferido.

3. Tenha os lançamentos disponíveis para a venda em sua loja de games

Esse universo é movido por novidades. Os lançamentos de novos jogos e plataformas são muito esperados e acompanhados com ansiedade por jogadores de todo planeta. No Brasil não é diferente. Não é à toa que as marcas investem um bom dinheiro na hora de apresentar seus novos produtos.

Não corra o risco de perder um possível cliente para um concorrente só pelo fato de não ter investido num lançamento. E pode ser que ele não volte nunca mais. Pense que um produto é a porta de entrada para novas vendas.

4. Vale a pena importar produtos para loja de games virtual?

Essa é uma pergunta bastante complexa de responder, tendo como base uma importação legal, pagando impostos e fazendo tudo certinho.

A maior parte dos produtos desse universo já são registrados. Dessa forma, para importar mercadorias de marca para o Brasil é necessário de uma autorização de quem detém os direitos. Isso não é nada fácil de conseguir e pode custar muito dinheiro. Ou seja, exite a possibilidade de não ser vantajoso.

Todavia, vale a pena avaliar investimentos em produtos acessórios, como cadeiras gamers e outros produtos periféricos. Nesse caso, avalie trazer já com a marca do seu negócio.

5. Estude o comportamento do mercado

Você percebeu que os números do mercado são uma boa justificativa para você vender games online. Mas o mercado não é feito somente de números: o comportamento do consumidor e dos seus concorrentes precisam ser analisados e compreendidos.

O objetivo é desenvolver vantagens competitivas, oferecer o que os outros não oferecem e perceber oportunidades ainda não exploradas. Além disso, os dados e informações que você colhe em campo servem de parâmetro para uma boa auto avaliação.

Defina uma forma de pagamento online para loja de games virtual

Ao abrir um e-commerce para produtos gamers, muitas plataformas já incorporam possibilidades de pagamento ao serviço. Entretanto, pode ser que a modalidade ou o formato não seja o mais adequado para o seu perfil de público.

Atualmente, há inúmeras possibilidade de pagamento online, desde boleto ao pix, passando por cartões de crédito e débito. Existem ainda os programas de milhas, carteiras digitais, bitcoin entre outros.

O ideal seria oferecer todas as formas possíveis. Mas há um custo para isso, e ele não é baixo. Por isso, pode ser uma boa alternativa optar por empresas intermediárias de pagamento. Elas cuidam de toda a burocracia envolvida nos trâmites de rendimentos, facilitando o processo de monetização da empresa e descomplicando a vida do consumidor.

A Latam Gatway ajuda empresas gamers a monetizarem suas operações, por meio de um sistema de pagamento instantâneo e local. Confira aqui as melhores soluções Latam para seu e-commerce gamer.

Avaliar o conteúdo post

Compartilhe o post:

Latam Gateway

Latam Gateway

Latam Gateway é sua parceira para trazer soluções inovadoras para monetizar seus produtos ou serviços de forma descomplicada. Em nosso blog, você confere conteúdos sobre o mercado brasileiro, gateways de pagamentos, inovações tecnológicas, universo gamer, metaverso e muito mais. Leia nossos conteúdos, conheça nossas soluções e conte com a Latam para ajudar o seu negócio evoluir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados